Sempre quis escrever sobre isso mas ficava com medo do julgamento das pessoas então não o tinha escrito até o momento.
Fui batizada na igreja católica e fiz minha primeira comunhão assim como a minha irmã. Lá em casa, todo mundo era católico mas não fervorosos mas minha mãe plantou bons hábitos em nós duas desde pequenas. Ensinou-nos a rezar com alegria, como se fosse uma cantiga e pra isso tínhamos uns livrinhos educativos a seguir nas rezas(tenho até saudades deles).
Talvez a falta de imposição de que fossemos mais na igreja nos afastou um pouco e minha mãe frequentava de vez em quando centros espíritas o que talvez tenha também nos confundido quanto a uma orientação religiosa (ou vai de cada um mesmo). Eu simpatizo e muito com o espiritismo mas me falta disciplina para aprender mais sobre o assunto. Sempre achei que acreditar em Deus me bastava. Minha irmã sempre foi a mais religiosa de nós tres e já frequentou vários tipos de religiões, acredito que procurando se achar nessa parte. Hoje ela se achou, virou evangélica e está muito feliz com isso. No começo criticamos muito, afinal todos sabem o preconceito que os crentes sofrem das demais religiões por sua doutrina. Ela mudou muito e no começo culpávamos a religião. Ela mudou pra melhor, muito melhor, mas como disse, no começo achávamos que era tudo por culpa da nova religião e condenávamos. Claro, como ela estava contagiada com sua alegria, tentava nos levar junto como um bom ato e relutamos muito, inclusive houveram várias brigas em casa por causa disso. Hoje, vendo a felicidade e fé da minha irmã eu aprendi a entender e admirar. Parte do preconceito vem das notícias de mau caratismo de alguns poucos mas as pessoas esquecem de parar e se perguntar onde é que não tem uma pessoa ruim e se isso é motivo para julgar os demais. Sei assumidamente que não tenho nem um terço da fé de minha irmã, então quando preciso peço que ela ore por mim ou pelas minhas filhas e ela faz de coração aberto. E funciona viu?
O que eu simplesmente não aceito mais é o preconceito que as pessoas tem com os religiosos. Não que eu tivesse aceitado um dia mesmo porque ABOMINO qualquer tipo de preconceito, mas eu vejo a inversão de valores que se tem hoje em dia. Gente, tudo bem que existem conceitos meio radicais quanto ao sexo, cigarro e bebida, mas como pode as pessoas PREFERIREM que a pessoa seja a favor destas 3 coisas e não a favor de Deus? Desde quando uma pessoa é mais legal porque ela toma cerveja? Não estou entrando no mérito de que isso faz bem ou não pra saúde, eu mesma sempre bebi, apenas estou dizendo que nada faz uma pessoa ser melhor que a outra. Isso serve para o outro lado também. Se existem religiosos que se acham melhor que as outras pessoas por isso, é ERRADO. Cada um é cada um, tem seus motivos e vive a vida do jeito que acha melhor e é um absurdo julgarmos o que as pessoas fazem.
Acho que quando a gente vira mãe a gente vive tentado consertar o mundo para que eles nao sofram certo absurdos que acontecem.
Eu escolhi batizar minhas filhas na igreja católica. Não por imposição a elas mas apenas para que elas sejam abençoadas por Deus(isso poderia ser feito em qualquer igreja). Não vou recriminá-las quando elas tiverem idade para escolher que caminho seguir, apenas vou ensinar para elas os bons conceitos que tenho em mente e que sei que será aprovado por Deus seja qual for o caminho seguido. RESPEITO antes de mais nada, respeito a si próprio e ao próximo. Acho que a partir daí tudo entra nos eixos, pois os conceitos como Fazer o bem não importe a quem, não ter preconceito, não julgar os outros e todos os outros estão embutidos na palavra respeito.
Bom, pra variar eu acho que não soube me explicar direito porque esse assunto mexe muito comigo e minha cabeça vira um turbilhão. Cada frase escrita é muito pequena perto de tudo que penso a respeito. Espero que seja compreendida.
Talvez eu esteja cometendo um erro e devesse procurar a minha orientação religiosa para poder passar as minhas filhas, mas por outro lado também acho muito saudável essa procura e entendimento de um pouco de cada lado pois acho que nenhum esta certo ou errado e todas as religiões só tem bons ensinamentos a oferecer.

É isso... Abaixo o preconceito

Beijos
eu e minha irmã linda...

0 comentários:

Postar um comentário